Ao continuar a sua navegação está a consentir a utilização de cookies necessárias ao bom funcionamento do website. Pode alterar as suas definições de cookies a qualquer altura nas definições do seu browser.  Consulte a nossa Política de Privacidade
undefined
2019-11-27
Mais Incentivo no Portugal Exportador 2019

A Mais Incentivo irá participar na 14ª edição do Portugal Exportador.

Aguardamos a sua visita no nosso espaço.

Dia 27 de Novembro, no CCL

 

"Com mais de 10 anos na área da consultoria, a Mais Incentivo é uma empresa especializada na elaboração e acompanhamento de projectos de investimento e no apoio à internacionalização de empresas. Ricardo Amorim e Victor Gomes da Mais Incentivo vão ajudar a sua empresa a “dar o salto” na exportação."

-Clube Portugal Exportador

noticia recrutamento
2019-11-07
Estamos a Recrutar

Queres fazer parte da nossa equipa?

Estamos a recrutar:

- COMERCIAL (M/F)

- OPERADOR TELEMARKETING (M/F)

Envio de CV's para: info@maisincentivo.pt

Mais info: https://bit.ly/2NYCP8d / https://bit.ly/2X1DVnX

 

noticia moldplas 2019
2019-11-06
Mais Incentivo na Moldplas 2019

 

A Mais Incentivo esteve presente na Feira Moldplas que decorreu entre os dias 06 e 09 de Novembro 2019, na Exposalão

 

Mais Incentivo na Moldplas 2019

Mais Incentivo na Moldplas 2019

 

undefined
2019-04-22
SISTEMA DE INCENTIVOS À QUALIFICAÇÃO DAS PME

Sistema de Incentivos à Qualificação das PME

Incentivos de 45% a Fundo Perdido Investimento Mínimo de 25.000,00€

 

OBJETIVOS

Reforçar as capacidades de organização e gestão das PME, incluindo o investimento em desenvolvimento das capacidades estratégicas e de gestão competitiva, redes modernas de distribuição e colocação de bens e serviços e a utilização das TIC.

 

DESPESAS ELEGÍVEIS

Inovação Organizacional e Gestão

  • Planos de Gestão e Marketing
  • Estudos de Mercado
  • Contratação de Recursos Humanos Qualificados

Economia Digital e Tecnologias de informação e Comunicação (TIC)

  • Criação de Website
  • Criação de Loja Online
  • Criação de Vídeo
  • Promoção no Google e nas redes sociais (facebook, linkedin, …)
  • Criação de Apps

Criação de Marcas e Design

  • Conceção de Marcas e Produtos
  • Registo de Marca

Desenvolvimento e Engenharia de produtos, serviços e processos

  • Investigação
  • Desenvolvimento e Engenharia de Produtos
  • Hardware e Software

Proteção e Propriedade Industrial

  • Registo de patentes, invenções, modelos de utilidade e desenhos

Qualidade

  • Certificações de Produto
  • Certificações no âmbito do sistema Português da Qualidade (SPQ)

Transferência de Conhecimento

  • Sistema de Gestão da Qualidade ISO 9001
  • Sistema de Gestão Ambiental ISO 14001
  • Outros Sistemas de Gestão AS 9100 | ISO 13485 | IATF16949 | ISO 22000 | ISO 45001
  • Transições

Distribuição e Logística

  • Softwares

Eco-inovação

  • Rótulo ecológico e sistema de ecogestão e auditoria EMAS

Candidaturas até dia 31-05-2019

Defina o seu investimento que nós elaboramos e acompanhamos o seu projeto, contacte-nos!

undefined
2019-03-06
SI2E LISBOA-M8-2019-01

OBJETIVOS

Este projeto consiste na operacionalização de apoios ao empreendedorismo e à criação de emprego, através do programa operacional Lisboa, considerando elegíeis estratégias de desenvolvimento local de base comunitário, pactos para o desenvolvimento territorial e outras intervenções de apoio ao empreendedorismo e criação de emprego, alinhadas com as estratégias de desenvolvimento regional e de coesão territorial da iniciativa das Autoridades de Gestão.

As candidaturas podem mobilizar os dois Fundos da Coesão, FEDER e FSE, de forma isolada ou conjunto, com o objetivo de criação ou expansão de micro e pequenas empresas, envolvendo um projeto de investimento e a criação líquida de postos de trabalho, em qualquer das modalidades de apoio.

 

TIPOLOGIAS DE OPERAÇÃO

  • Criação de micro e pequenas empresas ou expansão ou modernização de micro e pequenas empresas criadas há mais de cinco anos.
  • Expansão ou modernização de micro e pequenas empresas criadas há mais de cinco anos.
  •  

TAXAS DE INCENTIVO

  • 30% de taxa base

À referida taxa base podem acrescer majorações, até um máximo de 20 pontos percentuais (pp).

 

INVESTIMENTOS ELEGÍVEIS

  • Projetos de Engenharia e Arquitetura
  • Obras de Remodelação e Adaptação
  • Máquinas e Equipamentos
  • Materiais Circulantes Indispensáveis à Atividade
  • Informática Hardware e Software
  • Presença em Feiras internacionais
  • Presença Online e Planos de Marketing

 

ÁREA GEOGRÁFICA DE APLICAÇÃO

Loures, Bucelas, Fanhões, Lousa, UF Santo Antão e São Julião do Tojal. Mafra, Carvoeira, Encarnação, Mafra, Milharado, Santo Isidoro, UF Azueira e Sobral da Abelheira, UF Enxara do Bispo, Gradil e Vila Franca do Rosário, UF Igreja Nova e Cheleiros, UF Malveira e São Miguel de Alcainça, UF Venda do Pinheiro e Santo Estêvão das Galés. Sintra, Colares, UF Almargem do Bispo, Pêro Pinheiro e Montelavar, UF São João das Lampas e Terrugem.

 

PRAZO CANDIDATURA: 30/04/2019

undefined
2019-03-06
SI2E ALENTEJO-M8-2018-25

OBJETIVOS

Este projeto consiste na operacionalização de apoios ao empreendedorismo e à criação de emprego, através do programa operacional Alentejo, considerando elegíeis estratégias de desenvolvimento local de base comunitário, pactos para o desenvolvimento territorial e outras intervenções de apoio ao empreendedorismo e criação de emprego, alinhadas com as estratégias de desenvolvimento regional e de coesão territorial da iniciativa das Autoridades de Gestão.

As candidaturas podem mobilizar os dois Fundos da Coesão, FEDER e FSE, de forma isolada ou conjunto, com o objetivo de criação ou expansão de micro e pequenas empresas, envolvendo um projeto de investimento e a criação líquida de postos de trabalho, em qualquer das modalidades de apoio.

 

TIPOLOGIAS DE OPERAÇÃO

  • Criação de micro e pequenas empresas ou expansão ou modernização de micro e pequenas empresas criadas há mais de cinco anos.
  • Expansão ou modernização de micro e pequenas empresas criadas há mais de cinco anos.

 

TAXAS DE INCENTIVO

  • 40% para os investimentos localizados em territórios de baixa densidade;
  • 30% para os investimentos localizados nos restantes territórios;

À referida taxa base podem acrescer majorações, até um máximo de 20 pontos percentuais (pp).

 

INVESTIMENTOS ELEGÍVEIS

  • Projetos de Engenharia e Arquitetura
  • Obras de Remodelação e Adaptação
  • Máquinas e Equipamentos
  • Materiais Circulantes Indispensáveis à Atividade
  • Informática Hardware e Software
  • Presença em Feiras internacionais
  • Presença Online e Planos de Marketing

 

ÁREA GEOGRÁFICA DE APLICAÇÃO

O presente AAC tem aplicação no território de intervenção do GAL Pesca LA - "Desenvolvimento

Costeiro do Litoral Alentejano 2020", a saber:

Concelho de Alcácer do Sal, União das Freguesias de Alcácer do Sal (Santa Maria do Castelo e Santiago) e Santa Susana, Freguesia de Torrão, Freguesia da Comporta. Concelho de Grândola, Freguesia de Carvalhal, Freguesia de Melides. Concelho de Odemira, Freguesia de Vila Nova de Milfontes, Freguesia de S. Teotónio, Freguesia de Longueira/Almograve, Freguesia de S. Salvador/Santa Maria, Freguesia de Santa Clara - a – Velha, Freguesia de S. Luís. Concelho de Santiago do Cacém, Freguesia de Santo André, Freguesia de São Domingos e Vale de Água. Concelho de Sines, Freguesia de Sines, Freguesia de Porto Covo.

 

PRAZO CANDIDATURA: 15/03/2019

 

undefined
2019-03-05
IMPLEMENTAMOS OS DIVERSOS SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE

Independentemente do seu setor de atividade, deve assegurar a qualidade dos seus serviços e produtos com o objetivo de manter a fidelidade do cliente.

 

Normas que implementamos:

  • Todas as áreas | ISO 9001
  • Aeronáutica | AS 9100
  • Automóvel | IATF 16949
  • Dispositivos médicos | ISO 13485
  • Ambiental | ISO 14001
  • Alimentar | ISO 22000
  • Segurança | ISO 45001

 

Etapas de Implementação de Normas:

  • Sensibilização sobre a norma;
  • Definição de estrutura organizacional da empresa;
  • Definição dos objetivos gerais da empresa;
  • Definição e monitorização de indicadores;
  • Definição e elaboração da estrutura documental do sistema;
  • Implementação e controlo operacional;
  • Obrigações de conformidade (requisitos legais e outros);
  • Realização de revisão pela gestão;
  • Auditoria interna a todo o sistema;
  • Acompanhamento da auditoria concessão.

 

 

Para mais informações não hesite em contactar-nos!

fabrica, industria, azul, industria 4.0, iconos industria, Portugal 2020,
2018-08-09
Sistema de Incentivos à Qualificação das PME

Já estão abertas as candidaturas para o Sistema de Incentivos à Qualificação das PME

Incentivos de 45% a Fundo Perdido Investimento Mínimo de 25.000,00€


OBJETIVOS

Reforçar as capacidades de organização e gestão das PME, incluindo o investimento em desenvolvimento das capacidades estratégicas e de gestão competitiva, redes modernas de distribuição e colocação de bens e serviços e a utilização das TIC.

DESPESAS ELEGÍVEIS

Inovação Organizacional e Gestão

  • Planos de Gestão e Marketing
  • Estudos de Mercado
  • Ações de Benchmarking
  • Estudos de Arquitetura e Engenharia
  • Contratação de Recursos Humanos Qualificados

Economia Digital e Tecnologias de informação e Comunicação (TIC)

  • Criação de Website
  • Criação de Loja Online
  • Criação de Vídeo
  • Criação de Catálogo eletrónico
  • Promoção no Google e nas redes sociais (facebook, linkedin, …)
  • Criação de Apps

Criação de Marcas e Design

  • Conceção de Marcas e Produtos
  • Registo de Marca

Desenvolvimento e Engenharia de produtos, serviços e processos

  • Investigação
  • Desenvolvimento e Engenharia de Produtos
  • Hardware e Software

Proteção e Propriedade Industrial

  • Registo de patentes, invenções, modelos de utilidade e desenhos

Qualidade

  • Certificações de Produto
  • Certificações no âmbito do sistema Português da Qualidade (SPQ)

Transferência de Conhecimento

  • Sistema de Gestão da Qualidade ISO 9001
  • Sistema de Gestão Ambiental ISO 14001
  • Outros Sistemas de Gestão AS 9100 | ISO 13485 | IATF16949 | ISO 22000 | ISO 45001
  • Transição de ISO 9001 | ISO 14001 | OHSAS 18001

Distribuição e Logistica

  • Softwares

Eco-inovação

  • Rótulo ecológico e sistema de ecogestão e auditoria EMAS

Candidaturas Abertas até dia 28 de Setembro

Defina o seu investimento que nós elaboramos e acompanhamos o seu projeto, contacte-nos!

 

globo, tablet, mesa de madeira, ícones, ecommerce, portugal 2020
2018-08-09
Candidaturas Abertas | Vale Oportunidades de Internacionalização das PME

INCENTIVO DE 75% A FUNDO PERDIDO - INCENTIVO MÁXIMO DE 10.000,00 €

SOBRE O VALE INTERNACIONALIZAÇÃO
O Vale Internacionalização foi criado para apoiar as empresas na prospecção de novos mercados internacionais. São suscetíveis de apoio, durante um período de 12 meses, projetos individuais que visem a aquisição de serviços de consultoria na área da promoção de diagnósticos de oportunidades de internacionalização, bem como na assistência técnica para a implementação de recomendações de curto prazo.

DESPESAS ELEGÍVEIS

Ações de Diagnóstico de Oportunidades - 5.000,00 €

  • Serviços de consultoria para a identificação de novos mercados;
  • Diagnósticos de oportunidades de evolução da empresa na cadeia de valor;
  • Aquisição de informação e consultoria específica.

Ações de Assistência Técnica para a Implementação de Recomendações a Curto Prazo - 5.000,00 €

  • Visitas de prospeção e de captação de novos clientes em mercados externos;
  • Visitas de prospeção a feiras internacionais;
  • Convites a / missões de importadores para conhecimento da oferta.

REQUISITOS

  • Corresponder a uma empresa com pelo menos 3 postos de trabalho, existente à data da candidatura;
  • Demonstrar ter capacidade instalada para desenvolver atividade internacional;
  • Não ter outras candidaturas aprovadas ou em fase de decisão na tipologia de investimento “Internacionalização das PME”;
  • Efetuar consulta a pelo menos duas entidades acreditadas para este domínio de intervenção;
  • Não ter iniciado o seu processo de internacionalização ou, tendo já iniciado, não registar atividade exportadora nos últimos 12 meses anteriores à data da candidatura;
  • Comprometer-se a apresentar informação, avaliando o serviço prestado pela respetiva entidade acreditada.

Defina a sua rota, que nós elaboramos, executamos e acompanhamos o seu projeto, contacte-nos!

Aviso encerrado para o Norte 2020. (28.08.18)

barco, cargueiro, contentores, mar, alto mar, portugal 2020, exportação, exportações,
2018-08-07
Sistema de Incentivos à Internacionalização das PME

 

 

INCENTIVOS DE 45% A FUNDO PERDIDO DIRETO - INVESTIMENTO MÍNIMO DE 25.000,00 €

Já estão abertas as candidaturas para o Sistema de Incentivos para a Internacionalização das PME.

OBJETIVOS
Promover a aceleração das exportações portuguesas, incrementando o volume das vendas internacionais, o desenvolvimento e aplicação de novos modelos empresariais e de processos de qualificação assentes em estratégias sólidas e integradas de e-commerce e de transformação digital.

TIPOLOGIA DOS PROJETOS

  • Prospeção de Novos Mercados Internacionais (deslocação e alojamento)
  • Planos de Marketing e Estudos de Mercado
  • Criação de Marcas
  • Ações de Comunicação e Promoção
  • Participação em Feiras Internacionais (aluguer de espaço, stand, alojamento e deslocação)
  • Marketing Digital (alojamento, domínios, criação de websites, lojas online e CRM)
  • Hardwares e Softwares (relacionados com o projeto)
  • Implementação e Certificação de Sistemas de Gestão
  • Contratação de Novos Recursos Humanos Qualificados

CANDIDATURAS ABERTAS ATÉ 31 DE OUTUBRO 

Defina a sua rota, que nós elaboramos, executamos e acompanhamos o seu projeto. Contacte-nos!

 

 

café, comércio, barista, loja, rua, vale comércio, montra, mais incentivo, portugal 2020
2018-08-06
Abertas Candidaturas Vale Comércio

Incentivo a fundo perdido de 75% para projetos inseridos nas atividades económicas de restauração, serviços e comércio.

SOBRE O VALE COMÉRCIO

O lançamento do Vale Comércio tem como objetivo principal o reforço da capacitação empresarial das PME'S por via do incentivo à procura de serviços que potenciem a sustentabilidade dos negócios, bem como o conhecimento de mercados e a interface com agentes económicos relevantes nos mercados externo.

INVESTIMENTOS ELEGÍVEIS

Inovação Organizacional E Gestão

  • Estudos sobre modelos de negócio;
  • Estudos sobre modelos de organização do trabalho;
  • Desenvolvimento de estratégia de atendimento e fidelização de clientes;

Criação De Marcas

  • Estudos de identidade gráfica para o estabelecimento/produto;
  • Projetos de registo de marcas, incluindo a criação de marcas próprias;

Qualidade

  • Implementação de sistemas de certificação de qualidade de negócios, produtos e serviços, bem como sistemas de gestão da qualidade; 

Marketing Digital

  • Criação de websites;
  • Gestão de redes sociais e concepção de conteúdos;
  • Campanhas de promoção digital.

REQUISITOS:

  • Não ter projetos no âmbito do Vale Inovação e/ou Vale Indústria 4.0
  • Mínimo 3 postos de trabalho
  • Resultados líquidos positivos no ano pré projeto

Prepare já a sua candidatura e conte connosco para tratar das burocracias!

Aviso encerrado para o Norte 2020 e Centro 2020. (28.08.18)

projeto,homem,mão,lápis,investimento,azul,branco,
2018-08-03
Candidaturas Abertas - Registo de Pedido de Auxílio

OBJETIVOS
Já é possível efetuar um pré-registo da sua candidatura ao Sistema de Incentivos Inovação Produtiva e Empreendedorismo Qualificado e Criativo. Salvaguarde já o início dos seus investimentos antes da fase de abertura das candidaturas.

INFORMAÇÃO NECESSÁRIA

Antes de efetuar o registo, deverá reunir os seguintes elementos associados ao seu projeto de investimento:

  • Identificação e dimensão da empresa
  • Localização dos estabelecimentos
  • Descrição do projeto
  • Calendarização do investimento (com data de início e de fim dos trabalho)
  • Descrição da atividades de inovação
  • Quadro de investimentos
  • Fontes de financiamento (quando indicativo)

AJUDAMOS A MARCAR O INÍCIO DO SEU INVESTIMENTO

CONTACTE-NOS

Mais incentivo acreditada para vale comercio, fundo azul com malha gráfica, icone de vale comércio
2018-07-16
Mais Incentivo Acreditada Para Vale Comércio

Informamos que a Mais Incentivo sob a denominação comercial Dinamic Office, foi acreditada pelo Compete 2020 como para desenvolver projetos Inovação PME - Vale Comércio no âmbito do Portugal 2020. 

A quem se destina

O Vale comércio destina-se a todas as empresas com atividades economicas nos setores de Comércio, Serviços e Restauração que pretendam implementar melhorias nas iniciativas empresariais de PME nas seguintes áreas:

  • Inovação Organizacional e Gestão;
  • Criação de Marcas e Design;
  • Qualidade;
  • Economia Digital e TIC

No âmbito do Vale Comércio, a taxa de incentivo será até 75% com um apoio máximo de 5.000€ não reembolsáveis. 

A Mais Incentivo na qualidade de entidade acreditada percebe a importancia de reforçar a capacidade de financiamento das empresas, conte com todo o nosso empenho tanto no esclarecimento como na submissão e acompanhamento da sua candidatura. Contacte-nos através do nosso formulário e agende já a sua sessão de esclarecimento, as candidaturas a este incentivo irão abrir brevemente. 

controlo de qualidade, auditor de qualidade, segurança e saúde no trabalho, ISO 45001
2018-04-23
Nova ISO 45001

A Saúde e Segurança no Trabalho, agora, também são representadas por uma norma internacional ISO. A nova ISO 45001 para Sistemas de Gestão de Saúde e Segurança no Trabalho foi publicada a 12 de março (versão inglesa), iniciando assim o período de transição de três anos da norma OHSAS 18001. 

 

 

Todas as empresas que possuam certificação de acordo com a OHSAS terão até março de 2021, para adaptar o sistema de gestão à ISO 45001. Recomenda-se que a transição da certificação se realize numa das auditorias de acompanhamento de forma a poder avaliar os novos requisitos da nova norma. 

 

Muitas das alterações serão familiares às empresas que se adaptaram recentemente à ISO 9001: 2015 ou ISO 14001: 2015, as semelhanças entre os três sistemas de gestão têm como objetivo facilitar a sua integração. 

 

 

Semelhanças entre os sistemas de gestão:

  • Estrutura de Alto Nível

  • Consideração do contexto da organização

  • Requisitos de liderança


Objetivos da norma ISO 45001

1.Preparação e melhoria de um ambiente seguro e saudável no local de trabalho para colaboradores, parceiros e fornecedores;


2.Documentação de um sistema efetivo de gestão de saúde  e segurança no trabalho para colaboradores, parceiros e fornecedores;


3.Melhoria contínua para organizações através do modelo PDCA;


4.Gestão de saúde e segurança no trabalho mais bem-sucedida e eficaz;


5.Gestão da saúde e segurança no trabalho como elemento estratégico e como um elemento de responsabilidade corporativa;


6.Motivação dos colaboradores através de feedback e participação;


7.A capacidade de documentar uma conduta corporativa segura e fiável a clientes, fornecedores, autoridade e investidores através da norma de certificação. 


 

Saiba quais as alterações mais significativas trazidas pela ISO 45001, descarregue aqui o ficheiro. 

 

SI2E, sistema de incentivos ao empreendedorismo, pinheiro a nascer em pinhal ardido
2018-03-21
SI2E - Sistema de incentivos ao Empreendedorismo

OBJETIVOS


 

Enquadrado na estratégia de apoio aos territórios afetados pelos incêndios e à promoção do emprego da região do Pinhal Interior, este aviso tem como objetivo operacionalizar o  Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo e ao Emprego podendo mobilizar os dois Fundos da Coesão, FEDER e FSE.

Este Incentivo tem como objectivo a "Criação de Emprego por conta própria, empreendedorismo e criação de empresas, incluindo micro, pequenas e médias empresas inovadoras" (FSE) e “Concessão de Apoio ao desenvolvimento dos viveiros de empresas e o apoio à actividade por conta própria, às microempresas e à criação de empresas"(FEDER).

 

INVESTIMENTOS ELEGÍVEIS


 

  • Projetos de Engenharia e Arquitectura
  • Obras de Remodelação e Adaptação
  • Máquinas e Equipamentos
  • Materiais Circulantes Indispensáveis à Atividade
  • Informática Hardware e Software
  • Presença em Feiras internacionais
  • Presença Online e Planos de Marketing

 

CONCELHOS AFETADOS


 

Abrantes, Alvaiázere, Ansião, Arganil, Carregado do Sal, Castanheira de Pêra, Castelo Branco, Castro Daire, Covilhã, Ferreira do Zêzere, Figueiró do Vinhos, Fornos de Algondres, Fundão, Góis, Gouveia, Guarda, Lousã, Mação, Mangualde, Mira, Miranda do Corvo, Mortágua, Nelas, Oleiros, Oliveira de Frades, Oliveira do Hospital, Pampilhosa da Serra, Pedrógão Grande, Penacova, Penela, Proença-a-Nova, Santa Comba Dão, Sardoal, Seia, Sertã, Tábua, Tondela, Trancoso, Vagos, Vila de Rei, Vila Nova de Poiares, Vila Velha de Ròdão, Vouzela.

Estamos a recrutar consultor financeiro, contabilidade, gestão, planeamento financeiro, projetos de investimento
2018-02-27
Estamos a Recrutar Consultor Financeiro

Somos uma empresa de consultoria, sediada em Leiria, especializada na elaboração de projetos de investimento para os setores do turismo e indústria, nomeadamente as indústrias de moldes, plástico, metalomecânica, pedra, calçado e têxtil pretende reforçar a sua equipa de trabalho com o seguinte profissional:

 

CONSULTOR FINANCEIRO 

 

Funções 

- Gestão de Pagamentos/ Recebimentos;

- Emissão de Faturas /recibos;

- Processamento de Salários;

- Gestão de Fornecedores;

- Contabilidade;

- Comunicação com entidades bancárias;

- Planeamento Financeiro;

- Elaboração de candidaturas no âmbito do Portugal 2020 (fator preferencial).

 

Requisitos 
- Licenciatura em Contabilidade /Gestão ou similar; 
- Conhecimentos em contabilidade geral;

- Experiência profissional comprovada na área no mínimo 3 anos;
- Autonomia, espírito de iniciativa, dinamismo e empenho pessoal; 

- Conhecimentos em PRIMAVERA;

- Experiência na elaboração e/ou acompanhamento de candidaturas no âmbito do Portugal 2020 ao sistema de incentivos à inovação/qualificação/ internacionalização (fator preferencial).
- Disponibilidade imediata;

- TOC (fator preferencial).

 

Oferta 
- Integração em equipa jovem e dinâmica;

- Vencimento compatível com a função e experiência;

- Formação profissional inicial e contínua

 

O/as interessados/as deverão enviar o seu Curriculum Vitae, referindo no assunto "Ref.: CONSULTOR FINANCEIRO" para o seguinte e-mail: recrutamento@maisincentivo.pt 

 

aeronautica,aviação,tecnologia,seminário,gestão,mais,incentivo,portugal2020,industria4.0,leiria
2018-02-06
Primeiro Seminário Tecnologia e Gestão de Aviação

 

Programa

 

10h00 - Sessão de Abertura

              Rui Pedrosa – Vice Presidente do Politécnico de Leiria

              José Cordeiro - Presidente AED Portugal – Aeronautics, Space and Defence Cluster

              Pedro Martinho - Diretor da Escola Superior de Tecnologia e Gestão/IPLeiria

 

10h15 - Donizeti de Andrade (ITA, Brasil), “Reflexões Históricas e Contemporâneas sobre a Engenharia, a Aviação e a Engenharia Aeronáutica”

10h45 - Luís Gonzaga Trabasso (ITA, Brasil), “Design for Automation para o Setor Aeronáutico”

11h15 - Fernando Lau (IST, Lisboa), “Ensino e Investigação em Engenharia Aeronáutica no Instituto Superior Técnico”

11h45 - Pedro Vieira Gamboa (UBI, Covilhã), “Projeto Aeronáutico na Universidade da Beira Interior: Ensino e Desenvolvimento”

 

12h15 - Paulo Quaresma (UE/Parque Tecnológico de Évora), “O cluster AED e a estratégia da Universidade de Évora e do Parque do Alentejo de Ciência e Tecnologia”

 

12h45 - 14h00 - Almoço

 

14h00 - Nuno Silva (Base Aérea de Monte Real), “Técnicas LEAN na modernização dos F16 na Base Aérea n.º 5”

14h30 – Rui Moura (Tekever), “Desafios da operação de UAV em contexto não-militar”

15h00 - Helena Silva (CTO CEiiA), “CEiiA - centro de engenheira e desenvolvimento de produto: construindo capacidade de engenharia aeronáutica a partir de Portugal”

15h30 - Sérgio Carvalho (Embraer Portugal), “Contribuindo para o Ecossistema Aeronáutico Nacional”

 

16h00 - 16h20 - Coffee Break

 

16h20 - Marco Tulio Pellegrini (OGMA), “Captação, formação e retenção de mão-de-obra de alto valor acrescentado”

16h50 - José Rui Marcelino (CEO Almadesign, AED), “Design-Thinking na Aeronáutica”

 

17h20 - Mesa redonda

Moderador: Donizeti de Andrade (ITA, Brasil)

Sérgio Carvalho (Embraer Portugal)

Marco Tulio Pellegrini (OGMA)

Rui Moura (Tekever)

        Paulo Quaresma (UE/Parque Tec. de Évora)

18h00 – Encerramento

consultor, procura-se consultor, vaga, consultor de vendas, estamos a contratar, leiria, região centro
2018-01-26
Estamos a Recrutar
Empresa:
Empresa consultora, sediada em Leiria, especializada na elaboração de projetos de investimento para os setores do turismo e indústria, nomeadamente as indústrias  de moldes, plástico, metalomecânica, pedra, calçado e têxtil (atualmente conta com mais de 60 Milhões de Investimento elegível aprovado no âmbito do Portugal 2020) pretende recrutar um CONSULTOR PARA A ÁREA COMERCIAL com as seguintes características:
 
 
Funções
- Prospeção e angariação de clientes no mercado empresarial (em todo o território nacional);
- Preparar, elaborar e apresentar propostas comerciais.
- Assegurar o relacionamento comercial personalizado com os clientes;
- Assegurar o cumprimento dos seus objetivos;
Requisitos
- Habilitação académica igual ou superior ao 12º ano;
- Larga experiência em B2B na área Industrial e forte dinâmica e atitude comercial; 
- Imagem cuidada e capacidade de relacionamento interpessoal e comunicação (verbal e escrita);
- Networking na área Industrial (nos setores supramencionados) será valorizada;
- Orientação para objetivos;
- Alguns conhecimentos de gestão e capacidade para organizar, planear e gerir tarefas;
- Autonomia, espírito de iniciativa, dinamismo e empenho pessoal;
- Disponibilidade imediata;
- Preferência para quem fale fluentemente um segundo idioma;
- Carta de condução e viatura própria.
 
Oferta
- Vencimento base + possibilidade de 15º Mês + subsídio de alimentação + Ajudas de custo + Comissões sobre as vendas + telefone e viatura da empresa; 
- Atuação em diferentes contextos empresariais, setores ou áreas de atividade;
- Integração num projeto ambicioso, com uma equipa jovem, experiente e dinâmica;
- Oportunidades de desenvolvimento profissional e progressão na carreira;
- Contrato de trabalho; (em regime full-time).
 Envio de candidaturas
- Todas as candidaturas deverão ser enviadas para recrutamento@maisincentivo.pt
Nota: Admitem-se trabalhadores que queiram trabalhar em outsourcing
Transição da norma iso 14001, iso 14001, certificação ambiental, ambiente, impacto ambiental, empresa certificada
2018-01-25
Transição da Norma ISO -14001:2012 para ISO 14001:2015

Reduza o impacto ambiental, mantenha a certificação ISO - 14001:2015

Faça a transição o quanto antes. Todas as empresas certificadas pela Norma ISO -14001 terão de fazer a sua transição afim de manter a certificação ambiental.

A Mais Incentivo faz a trancisção e acompanha o seu sistema desde 250€ mês, por um periodo máximo de 5 meses. 

Para mais informações não hesite em contactar-nos !

 

 

incêndios, incentivos, inovação, produtiva, fundo perdido, investimentos, 2020, Portugal, Portugal 2020, apoios, incêndios
2018-01-09
Incentivos aos concelhos afetados pelos incêndios

Os incêndios que deflagraram nos últimos meses de 2017 afetaram um numeroso conjunto de concelhos em todo o país, com especial incidência nas regiões Centro e Norte, impactando negativamente na atividade económica dos territórios afetados.

 

Objetivos

Apoiar a recuperação das empresas, com prejuízos causados pelos incêndios do passado dia 15 de outubro, dinamizando a atração de novos investimentos empresariais geradores de emprego e de produção. Assim, o objetivo específico consiste em dar prossecução à atração de novo investimento empresarial e emprego para os territórios afetados, através de:

Inovação Produtiva Não PME: Aumento do investimento empresarial das grandes empresas em atividades inovadoras (produto ou processo), reforçando o investimento empresarial em atividades inovadoras, promovendo o aumento da produção transacionável e internacionalizável e a alteração do perfil produtivo do tecido económico, através do desenvolvimento de soluções inovadoras baseadas nos resultados de I&D (investigação e desenvolvimento tecnológico) e na integração e convergência de novas tecnologias e conhecimentos e ainda para a criação de emprego qualificado;

Inovação Produtiva PME: Reforço da capacitação empresarial das PME para o desenvolvimento de bens e serviços, através do investimento empresarial em atividades inovadoras e qualificadas que contribuam para sua progressão na cadeia de valor.

 

Beneficiários 

Empresas de qualquer natureza e sob qualquer forma jurídica, que se proponham desenvolver projetos de investimento que satisfaçam os objetivos referidos no ponto anterior, com exceção de projetos com as seguintes atividades económicas: Financeiras e de seguros; Defesa; Lotarias e outros jogos de aposta. Devido a restrições europeias específicas em matéria de auxílios estatais, são também excluídas deste concurso as atividades identificadas no Anexo B do RECI.

 

Concelhos afetados

Oleiros, Proença-a-Nova, Fornos de Algodres, Gouveia, Guarda, Seia, Vagos, Sertã, Mação, Vila de Rei, Arganil, Góis |Lousã |Mira, Miranda do Corvo, Mortágua, Oliveira do Hospital, Pampilhosa da Serra, Penacova, Penela, Tábua, Vila Nova de Poiares, Alvaiázere, Ansião, Castanheira de Pêra, Figueiró dos Vinhos, Pedrógão Grande, Carregal do Sal, Mangualde, Nelas, Oliveira de Frades, Santa Comba Dão, Tondela, Vouzela, Castelo de Paiva, Monção, Arouca

 

Âmbito Setorial

São elegíveis os projetos inseridos em todas as atividades económicas com especial incidência (valorizadas no Mérito do Projeto) aquelas que visam a produção de bens e serviços transacionáveis e internacionalizáveis com relevante criação de valor económico para as regiões alvo indicadas no ponto anterior ou contribuam para a cadeia de valor dos mesmos e não digam respeito a serviços de interesse económico geral.

 

Condições específicas de acesso: 

  • Apresentar uma despesa elegível total, aferida com base nos dados apresentados na candidatura, inferior a 25 milhões de euros;
  • Apresentar um mínimo de despesa elegível total por projeto de 75 mil euros;
  • O investimento deve ser sustentado por uma análise estratégica;
  • Demonstrar viabilidade económico-financeira e assegurar fontes de financiamentos do projeto de investimento (pelo menos 25% com capitais próprios);
  • Duração máxima de projeto: 24 meses 
  • Início de execução: no prazo de 6 meses após a data de inicio do projeto. 

 

Despesas Elegíveis

 

a) Ativos corpóreos:

  • Máquinas e equipamentos: incluindo custos diretamente atribuíveis para os colocar na localização e condições necessárias para os mesmos serem capazes de trabalhar;
  • Equipamentos informáticos, incluindo o software necessário para o seu funcionamento.

b) Ativos incorpóreos:

  • Aquisição de direitos de patentes;
  • Licenças, saber-fazer ou conhecimentos técnicos não protegidos por patentes;
  • Software standard ou desenvolvido especificamente para determinado fim.

c) Outras despesas de investimento (até 20% do total ou 35% nos projetos de empreendedorismo):

  • Despesas com TOC ou ROC (até 5.000 euros);
  • Serviços de engenharia relacionados com a implementação do projeto
  • Estudos, diagnósticos, auditorias, planos de marketing, e projetos de arquitetura e de engenharia.

d) Construção de edifícios, obras de remodelação ou outras construções respeitando os seguintes limites:

60% das despesas elegíveis totais do projeto (projetos do setor do turismo);

35% das despesas elegíveis totais do projeto (projetos do setor da indústria).

 

Taxas de financiamento das despesas elegíveis  

  • Taxa base de 30%, acrescido de majorações até um máximo de 70%
  • Majoração de 20% para micro e pequenas empresas com despesa elegível < 5 Milhões de euros;
  • Majoração de 10% para médias empresas, independentemente da dimensão do projeto, e para micro e pequenas empresas com projetos com despesa elegível > 5 Milhões de euros;
  • Majoração de 10% territórios de baixa densidade;
  • Majoração de 10% sustentabilidade (uso eficiente de recursos, eficiência energética, etc.)

 

Redução de incentivo:

A execução do projeto pode ser prorrogada por um período máximo de 1 ano, sendo as despesas elegíveis realizadas até ao final do primeiro, segundo, terceiro e quarto trimestre são reduzidas, respetivamente, em 5 %, 10 %, 15 % e 20 % do seu valor.

 

Prazo de candidatura: 02/04/2018

Formação Financiada, aviso 22/si/2017, incentivos, portugal 2020, projetos,
2018-01-08
Formação Financiada - Até 70% de incentivo

No âmbito do presente Aviso (22/SI/2017), são suscetíveis de apoio os projetos de formação de empresas, na modalidade de candidatura individual, por via de ações de formação autónomas, que visem objetivos de inovação e competitividade, através da qualificação específica dos empresários, gestores e trabalhadores das empresas, para a reorganização e melhoria das capacidades de gestão reforçando a sua produtividade. 

 

Beneficiários 

São beneficiários, as empresas PME e Não PME, do Norte, Centro e Alentejo que cumpram os critérios de acesso.

 

Condições específicas de acesso deste Aviso 

Os projetos a apoiar no presente Aviso têm de satisfazer as seguintes condições: 

a) Contribuir para os objetivos e prioridades enunciadas na tipologia das operações. 

b) Encontrarem-se fundamentados num plano formativo com a identificação das necessidades da formação, que especifique, em particular, os objetivos da formação, atividades e resultados a alcançar e a sua ligação à estratégia e investimentos em domínios relevantes para a competitividade da empresa, apresentando uma metodologia de avaliação adequada ao processo formativo; 

c) O plano de formação deve ter um custo total superior a 75 mil euros; 

d) Ter uma duração máxima de 24 meses, exceto em casos devidamente justificados e aprovado pela Autoridade de Gestão do POCI, sendo a duração determinada pelo início da primeira ação de formação até à conclusão da última atividade do projeto; 

e) Em casos devidamente justificados, o prazo referido na alínea anterior pode ser prorrogado até ao máximo de 12 meses, relativamente ao calendário de realização.

 

Despesas Elegíveis 

No âmbito das ações de formação são consideradas elegíveis as seguintes despesas: a) Custos do pessoal, relativos a formadores, para as horas em que os formandos participem na formação (nos termos da alínea b) do n.º 1 do artigo 12.º Regulamento sobre as Normas Comuns sobre o FSE); b) Custos de funcionamento relativos a formadores e formandos diretamente relacionados com o projeto de formação, como despesas de deslocação, material e fornecimentos diretamente relacionados com o projeto e amortização dos instrumentos e equipamentos, na medida em que forem exclusivamente utilizados no projeto de formação em causa (nos termos da alínea d) e f) do n.º 1 do artigo 12.º Regulamento sobre as Normas Comuns sobre o FSE, conforme aplicável); c) Custos de serviços de consultoria associados ao diagnóstico do plano de formação (nos termos da alínea e) do n.º 1 do artigo 12.º Regulamento sobre as Normas Comuns sobre o FSE); d) Custos do pessoal, relativos a formandos (nos termos da alínea a) do n.º 1 do artigo 12.º Regulamento sobre as Normas Comuns sobre o FSE), e custos indiretos gerais (nos termos da alínea d) e f) do n.º 1 do artigo 12.º Regulamento sobre as Normas Comuns sobre o FSE, conforme aplicável), relativamente ao número total de horas em que os formandos participam na formação. 

 

Taxas de financiamento das despesas elegíveis 

Os incentivos a conceder no âmbito deste Aviso, são calculados através da aplicação às despesas consideradas elegíveis de uma taxa base de 50%, a qual pode ser acrescida das majorações a seguir indicadas, não podendo a taxa global ultrapassar 70%: 

i. Majoração em 10 p.p. se a formação for dada a trabalhadores com deficiência ou desfavorecidos; 

ii. Majoração em 10 p.p. se o incentivo for concedido a médias empresas e em 20 p.p. se for concedido a micro e pequenas empresas.

 

noticia moldplas 2017
2017-11-08
Mais Incentivo na Moldplás 2017

A Mais Incentivo esteve presente na Feira Moldplás que decorreu nos dias 08, 09, 10 e 11 de Novembro 2017 na Exposalão.

         

 

noticia maquitex
2017-10-21
Mais Incentivo na Maquitex 2017

A Mais Incentivo esteve presente na Maquitex que decorreu em simultaneo com a Maquishoes no Pavilhão da Exponor, nos dias 19, 20 e 21 de Outubro de 2017. 

 

Mais Incentivo

 

noticia rebranding
2017-10-16
REBRANDING MAIS INCENTIVO

Com o projeto de rebranding da Mais Incentivo nasce uma nova logomarca, resultado do processo de reorganização interno e de posicionamento da empresa.

Além da logomarca principal, existem mais cinco novas insígnias que partilham do mesmo símbolo, representadas por cores diferentes em função das áreas de negócio. O novo símbolo assenta numa forma de "+", que simboliza um acréscimo de competências que pretendemos incutir nos nossos parceiros. O lettering permanece inalterado em todas as submarcas assumindo apenas a designação da área mediante a cor correspondente: 

O rebranding da identidade corporativa aliou-se ao projeto de lançamento do site da empresa reforçando, assim, a presença online da Mais Incentivo.